4 comentários:
De lipemarujo a 5 de Março de 2008 às 10:56
Quando comecei a escrever no PENADENTRO, tinha um companheiro de blogue qu escrevia coisas do arco-da-velha. Fazes-me lembrar esse senhor. Dizem que nao, que quando muito serias o oposto. Para mim é exactamente a mesma coisa.


De Carol_k a 6 de Março de 2008 às 10:51
pois, é pena que para muita gente seja a mesma coisa...


De lipemarujo a 6 de Março de 2008 às 12:42
Nao é assim para muita gente. Radicalizar discursos é o que mais se faz. Ter uma visao imparcial é que ja é mais raro. Ter que sistematicamente relativizar quando se faz uma critica objectiva é um dos maiores defeitos do tipo de discussao de hoje em dia. Os "mas" e os "ses" estragam qualquer ponto de entendimento. Eu nao tenho problema nenhum em criticar o presidente Colombiano e a sua política. Da mesma forma que nao tenho duvidas do caracter terrorista das FARC, sem tirar nem pôr (e para pegar no artigo, a questao do narco-trafico tem muito que ver nisto sim senhor, tanto de um lado como do outro, ou pensa-se ingenuamente que a luta das FARC é puramente ideologica? Ha muito negocio a rener, ou as armas crescem na selva colombiana?).
Nao se trata sequer de ideologias nem de partidarizaçao, nesse campo estou muito livremente à vontade. Em nome de ideologias mata-se e morre-se demasiadas vezes.


Comentar post