Sábado, 24 de Maio de 2008
Ai que bom que é...

...liberalizar.

 

Sim, porque ontem meti gasóleo a quase 1,50€! Eu, que nem há dois anos metia a 90 cêntimos!!!

Bla bla bla, o barril a não sei quantos dólares bla bla. TRETA! O que tenho eu a ver com quanto dólares são necessários para pagar um mero barril se hoje em dia é preciso um dólar e meio para pagar um euro! Alguém me explica??? E alguém me diz porque é que pareço ser a única a pensar no ridículo que é justificarem o preço do combustível em Portugal com a queda do dólar?

Afinal, não é o barril que está mais caro. É o dólar que está mais fraco! Por isso, e se não houvesse sempre este e aquele a tentarem aproveitar-se da desgraça alheia, nós não sentíamos qualquer efeito. No mínimo, e já que o Euro é que é fixe, pagávamos menos. Nós, na Europa...

 

Resumindo e concluindo: acho que devíamos liberalizar tudo, sem excepção, para podermos justificar a grama de aspirina a 5 euros com a taxa da natalidade no Japão. Isso é que era bom para todos nós. E digo mais, eu até me comovo com as palavras dos nossos dirigentes quando, com aquelas carinhas de anjinhos, dizem que bem gostavam de poder ajudar. Mas não podem. Afinal, e como dizem os neo-liberais deste país, "o mercado auto regula-se".



publicado por Carol_k às 12:53
link do post | Digam coisas | O que se disse (4) | favorito
|

Autores
pesquisar
 
Janeiro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
20
21
22
23

25
26
27
28
29
30
31


O que já foi escrito

Ai que bom que é...

arquivos

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

tags

todas as tags

links
subscrever feeds
Värnamo
Lisboa
Fazer olhinhos
blogs SAPO